5.28.2009

½ voltei

Oi povo!
Ainda encontro-me sem um pingo de inspiração pra escrever aqui. Palavras eu até tenho, mas elas não se relacionam bem e não querem se casar pra formar um lindo post.
Enfim, pra não deixar vocês na mão, vim fazer um jabá de um livro legal que eu li (o que é um verdadeiro milagre, porque eu não gosto de ler e, sinceramente, não tô nem aí pra isso).
O livro é bem bacaninha, embora tenha algumas coisas que precisam ser lidas duas ou três vezes pra entender direito (ao menos eu, lerdinha que sou, tive que ler duas ou três vezes), já que, algumas vezes, usa uma linguagem um pouco técnica, além de muitos nomes em russo, siglas e palavras estranhas. Apesar disso a história prende a gente com força. Hahahaha!
A história narra a saga de Jack Howe, um renomado arqueólogo marinho que, durante um mergulho no Mediterrâneo, enquanto procurava por um naufrágio do tempo de Homero, descobre que encontrou o que "poderia ser a chave para a localização da cidade perdida". Mas outros também ficaram sabendo da localização da Atlântida e agora Jack e sua equipe são envolvidos em um jogo de vida ou morte.
O livro foi traduzido para 25 línguas e mistura ficção com dados históricos reais.

3 comentários:

Vitor Molina disse...

Nunca li esse livro, e vou te contar que to lendo muito menos do que eu queria. Eu até gosto de ler, e de escrever também.
Aliás, você escreve tão bem...
Vê se escreve uma história. Não esquece de dedicar um capítulo pra mim! ahhaahah

Beijo

Louis # disse...

Legal post novo! Hein Suzana deixa os dedos fluirem no teclado, hehehe! Ah enquanto a leitura tenho 11 livros pra ler antes do vestibular, mas não tenho vontade (móh chato eles)! Preferio ler os blogs hahaha! Blog tbm é conhecimento e cultura ^^

Jéssica Lima disse...

bem interessante, tabem gostei pelo fato de ser uma mistura da ficção com fatos históricos, gosto de ler, vou ver se acho este livro!

xau ..